top of page

Suzano terá atrações em homenagem ao centenário da Semana de Arte Moderna

Teatro Municipal Dr. Armando de Ré sediará uma série de apresentações culturais gratuitas entre os dias 24 e 27 de março

A Secretaria de Cultura de Suzano anunciou que promoverá uma programação especial em comemoração ao centenário da Semana de Arte Moderna de 1922. Entre os dias 24 e 27 de março (quinta-feira a domingo), o Teatro Municipal Doutor Armando de Ré (rua General Francisco Glicério, 1.354 – Centro) receberá uma ocupação especial para celebrar este marco da história nacional, com a exibição gratuita de diversas manifestações artísticas. As atrações começam às 18 horas, sem necessidade de retirar ingressos.

Neste período, o público poderá acompanhar os trabalhos de artistas locais que relembram e prestigiam as influências culturais da Semana de 22, com a provocação "Só a antropofagia nos une (?)". O primeiro dia (24/03) será marcado pela exibição de apresentações circenses e de dança, além do Sarau na Galeria. No dia 25 (sexta-feira), haverá exibição de malabarismo, da peça de teatro “Silêncio” e de um sarau sobre a literatura no Brasil.

Já no sábado (26/03), o público poderá acompanhar espetáculos de malabarismo e pirofagia, atração de dança e o Sarau Urutu. Para encerrar a programação, no domingo (27/03) haverá exibição da peça teatral “O riso”, de malabarismo e equilibrismo, além de apresentação musical do Instituto Fama e da Satie, interpretando Villa Lobos e Três Tempos, respectivamente. Todos os dias de evento contarão com a Intervenção Barroco Literário, da Associação Cultural Literatura no Brasil.

Em paralelo às atrações, o público poderá acompanhar a exposição da Mostra Cultura é Atitude no teatro e prestigiar apresentações artísticas relacionadas ao tema em espaços públicos da cidade, como o Paço Municipal, a Praça dos Expedicionários, a estação da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e o Terminal de Transportes Urbanos Vereador Diniz José dos Santos Faria, o Terminal Norte.

A Semana de Arte Moderna de 1922 foi um evento histórico que reuniu célebres nomes da arte nacional, como Oswald de Andrade, Heitor Villa-Lobos e Anita Malfatti, e marcou o início do modernismo no Brasil. As atrações revelaram talentos ao mundo e renovaram a estética do período, com um outro olhar para a forma de se produzir arte. Além de consagrar grandes artistas, as apresentações inspiraram e contribuíram para o surgimento de novos manifestos, movimentos artísticos e estéticas que transcendiam o que até então era tido como tradicional.

O titular da pasta e vice-prefeito de Suzano, Walmir Pinto, pontuou que a Semana de 22 virou do avesso a cultura do País, que até então se encontrava estagnada e elitizada. “O movimento valorizou a cultura cotidiana e aproximou a arte da linguagem popular. Foi de fato revolucionário para aquela realidade e renovou totalmente o panorama nacional. Seu legado perdura até os dias de hoje, nos mais diversos segmentos artísticos”, disse.

O prefeito Rodrigo Ashiuchi destacou a importância de se celebrar e manter vivas as conquistas da Semana de 22 para o fortalecimento da cultura nacional. Ele convidou toda a população a prestigiar as apresentações e conhecer mais sobre este marco histórico do Brasil. “Além de oferecer novas opções gratuitas de entretenimento aos cidadãos, temos trabalhado arduamente para apoiar os artistas locais e fortalecer o setor. É uma oportunidade imperdível para toda a família. Tenho certeza de que todos irão se divertir e se emocionar”, concluiu.

Crédito das fotos: Wanderley Costa/Secop Suzano


62 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page