Poeta ‘Seu Zé’ é o convidado do Trajetória Literária dessa 5ª

O projeto Trajetória Literária foi criado em 2005 e tem por objetivo incentivar a leitura trazendo para a cidade escritores nacionalmente conhecidos. E desde o começo de 2021, tem recebido autores da cidade.


Nesta quinta-feira (17/06), a partir das 20 horas, será transmitido mais uma edição do Trajetória Literária. Dessa vez o escritor, Sacolinha recebe o poeta suzanense, Vandei Oliveira, o poeta “Seu Zé”, para um bate-papo sobre o universo literário. A transmissão acontecerá no Facebook (@culturadesuzano) da pasta e no canal no Youtube da Prefeitura de Suzano (/www.youtube.com/c/TVPrefeituradeSuzano).


O projeto Trajetória Literária foi criado em 2005 e tem por objetivo incentivar a leitura trazendo para a cidade escritores nacionalmente conhecidos para falar ao público de seus livros, seus projetos e outros assuntos ligados ao universo literário. Em síntese é um projeto que aproxima os leitores dos escritores.


O Trajetória Literária já recebeu nomes como Conceição Evaristo, Ignácio de Loyola Brandão, Paulo Lins, Xico Sá, Ferreira Gullar, Antônio Skarmeta, Cidinha da Silva, Jarid Arraes, Ariano Suassuna, já participaram de outras edições. E desde o começo deste ano, o projeto tem recebido autores de Suzano. O secretário de Cultura e vice-prefeito, Walmir Pinto, reforça que o objetivo de concentrar os convites em escritores locais é de focar o olhar cultural para nosso município e para as produções que vem sendo feita na cidade


Vandei Oliveira (poeta Seu Zé), 44 anos, poeta, educador, agitador cultural, formado em filosofia pela PUC- SP – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e atualmente trabalha como coordenador pedagógico em escola pública. Tem poesias publicadas nas antologias “Sobrenome Liberdade”, e “O que dizem os umbigos” (ambas produções independentes, 2013), e 2016 lançou seu primeiro livro de poesia “FALO”, com suas memórias poéticas- afetivas, revisitadas por questões subjetivas e influência marginal, filosófica e periférica.


Em 2018 organizou a antologia “Contos de Infância Periférica” pelo Coletivo Tenda Literária, uma coletânea de contos, escritos por alguns dos integrantes do coletivo, contando suas vivências de infância nas periferias desse Brasil.

Em 2020, durante a pandemia, participou de duas antologias poéticas, “Ainda bem que nos restou a poesia” (e-book) e “Poemas Antifascistas”, além de finalizar a escrita do seu segundo livro “SER casa, ninho, asa, passarinhos”, que traz a ousadia pretensa de poetizar um tratado sobre nossas liberdades.


Sacolinha é formado em Letras pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Escritor, autor de romances, livros de contos e crônicas. Em sua trajetória já esteve em programas de televisão como Jô, Provocações, Metrópolis e Manos e Minas. Ganhou vários prêmios por seus livros e seus projetos. Desenvolve ainda uma palestra por semana nas escolas públicas do estado de São Paulo.


Seu último livro "Entre amar e morrer, eu escolho sofrer" é uma ficção que acontece nesse momento de Pandemia do Corona vírus e nos provoca para refletir sobre o nosso papel na sociedade, na política e nas discussões das questões raciais.


Atualmente Sacolinha realiza o projeto “Literatura e Paisagismo – Revitalizando a Quebrada” que tem por objetivo a intervenção em espaços públicos na periferia com literatura, grafite e o plantio de árvores.



4 visualizações0 comentário