top of page

Cultura divulga vencedores do concurso de marchinhas carnavalescas

Evento ocorreu no Casarão das Artes no último dia 17;  31 composições foram inscritas e 12 artistas foram premiados

A Secretaria de Cultura de Suzano divulgou na última sexta-feira (17/02) o resultado da premiação do Concurso de Marchinhas Carnavalescas - Edição Alto Tietê. A solenidade de encerramento ocorreu no Casarão das Artes, na malha central, e, das 31 composições inscritas,  12 artistas foram laureados, sendo os três primeiros colocados de cada categoria. 


As composições premiadas na categoria “Marchinhas” foram: “Purpurina”, de Ana Julia Ferraz Conceição (1º lugar); “Rei do Futebol”, de Álvaro Bezerra (2º lugar); e “Heresia”, de Pedro Ponce. Já na categoria “Marchinhas Satíricas”, receberam as premiações as canções “O que que foi, o quê que há?”, de Lilian Fagundes Santos (1º lugar); “Ô, Mi! Tu fugiu pra Nova Iorque?”, de Nicolas Carneiro (2º lugar); e “Quem é o culpado?”, de Maria Cristoilma Almeida Rego (3º lugar).


A categoria “Prata da Casa - Marchinhas” também premiou as canções “O Carnaval dos meus sonhos”, de Francisco Claret de Assis Silva (1º lugar); “Como faziam os antigos”, de Renan Pablo (2º lugar); e “Carnaval Latino”, de Vilson Cirillo (3º lugar). E, por fim, a categoria “Prata da Casa - Marchinhas Satíricas” reconheceu os temas “Marchinha do Primo Patriota”, de Cacuía Cauê (1º lugar); “Bar do Jão”, de Marco Aurélio Prudêncio (2º lugar); e “Só vai me ter”, de Adenilson Alberto de Santana (3º lugar).


Segundo a Cultura suzanense, as composições foram analisadas por um júri composto por cinco profissionais especializados nos segmentos de música e literatura, que avaliaram os critérios melodia, letra, originalidade e interpretação. Na fase final, o modelo se repetiu com a adição de uma apresentação ao vivo, que definiu os vencedores.


“No concurso, os participantes puderam inscrever suas composições nas tradicionais categorias ‘Marchinhas’ e ‘Marchinhas Satíricas’, além do novo atrativo deste ano, que é o ‘Prêmio Prata da Casa’, destinado exclusivamente aos moradores de Suzano. A nova premiação também abordou os temas ‘Marchinhas Satíricas’, totalizando assim quatro divisões gerais em que os artistas puderam inscrever sua música para avaliação”, explicou o titular da pasta, o vice-prefeito Walmir Pinto.


Ainda segundo o secretário, a edição 2023 foi marcada pela diversidade de estilos musicais, como o Rock e MPB, por exemplo. “Muitos artistas, que produzem composições de variados estilos musicais, participaram do concurso, o que é algo extremamente enriquecedor e inclusivo. Parabenizo todos os inscritos, que contribuíram diretamente no oferecimento de um importante retrato de diferentes situações do cotidiano, por meio de suas obras apresentadas hoje”, finalizou.


Crédito das fotos: Luana Bergamini/Secop Suzano.

24 visualizações0 comentário
bottom of page