CRIAÇÃO

“Na sociedade ocidental capitalista e colonizada,

nós perdemos o contato com os conhecimentos tradicionais e com a potência criadora da natureza. Por conta disso a única atividade humana na qual é possível manter essa germinação é a arte” -

Suely Rolnik

A exposição coletiva apresenta a produção de mulheres artistas. Reúne diversas linguagens, entre elas pintura, fotografia, instalação e poesia, mostrando a potência da criação como ato de resistência e vibração de vida.

Quando você lê ou escuta a palavra “CRIAÇÃO”, o que você sente? Por que criamos e para quê?

Criar é uma ação humana, criamos porque vivemos! É a partir da experiência de estarmos vivas e em contato com diversas outras formas de vida que podemos nos conectar e nos ver como parte do todo.

Criamos com o nosso corpo, com os movimentos das mãos, com os sons das nossas vozes, com a pulsação do nosso coração. Toda essa potência criadora está na produção das artistas aqui apresentadas.

A arte é uma forma de conexão, de encontro, a arte acontece quando prestamos atenção no que estamos sentindo, pensando, às vezes criamos quando a dor transborda ou quando o amor resiste. 

A criação é uma manifestação que nasce de dentro para fora, num tempo e espaço único, a criação é aquilo que nos une e legitima nossa humanidade e isso não tira de nós a natureza, pelo contrário faz com que germine.

  Curadoria de Elidayana Alexandrino

Minha Meninas
Minha Meninas

press to zoom
Autoretrato
Autoretrato

press to zoom
Preta
Preta

press to zoom
Minha Meninas
Minha Meninas

press to zoom
1/15

Tour Virtual

Guiado:

Criação.

Baixe aqui o material de apoio sobre a exposição